-

sexta-feira, 21 de setembro de 2007

Pecas se não leres



Olá boa tarde :)

Pois é esta semana não me foi permitido postar, as aulas começaram, as quais estou a gostar, e o blog vai ter que ficar para as horas que me sobrarem.

Hoje gostaria de fazer uma pergunta, alias sempre que escrevo algo é com o objectivo de vos perguntar a vossa opinião.

Estando eu a procurar um tema para abordar pois a inspiração por vezes é como que aspirada e o filtro guarda logo...

Bem hoje queria falar sobre algo espero eu mais interessante do que o texto anterior.
Quem inventou os 7 pecados mortais?

Eles são a gula, luxúria, ganância, preguiça, vaidade, inveja e ira.
Acho que se se pode mudar para quê cometê-los?

A meu ver :

Gula, Como se pode ser guloso com tanta gente a passar fome?
Ao que se cobiça podia-se alimentar muita gente.
Luxúria, devemos ter quando fizemos algo bom, não em termos materiais.
O materialismo é considerado por mim um grande pecado. Como pode alguém ser prestigiado pelo que tem? Um objecto é a sua imagem?
Ganância, pode ser bom se não for levada aos extremos. Se não prejudicar o próprio e quem o rodeia.
Preguiça, quem não a tem de vez em quando? Desde que seja contornada e que passe a ser utilizada nas horas livres.
Vaidade, deve-se ter pelo que se é, não por pura futilidade.
E a ter que se tenha em tudo.
Inveja, não vejo como um bom sentimento, mesmo que seja dita como felicidade pelo outro.
Ira, pode mesmo ser perigosa, a raiva em grandes medidas nunca é boa, a falar é que as pessoas se entendem.

Durante uma vida inteira, julgo que cada um tenta a sua invasão , mas gostava de saber a vosso ver estes são os principais.

Eu julgo que são sim importantes, e o melhor mesmo não adoptá-los para sempre.
Mas uma coisa me interroga, porquê 7? E porque mortais?
Matar não é um pecado?

Acho que isto do pecado, é relativo.
Concordo que estes são mesmo maus, e evitáveis.

A fronteira entre o bem e o mal, é feita entre esta diferença.
Digam o que pensam, espero que tenham gostado do tema, e aceito sugestões :)

Até ao próximo texto.

NOTA : Certamente quando viram a imagem barraram com o monitor sem convidar quem estava em casa... Gulosos!

5 remendo(s):

Arauja disse...

Sao boas perguntas, mas sao mortais pois eu acho qe sao assim chamados pelas pessoas os levarem aos extremos...
Claro qe um bocadinho de alguns deles nao sera problematico, mas levar a Gula ao extremo nao será pecado aos olhos daqeles qe morrem à fome em tantos países ?
Levar a luxuria ao extremo nao será pecado mortal qando vemos por aí tanta pobreza ?
Acho qe tambem sao perguntas qe têm qe ser feitas...
Claro qe um pouco de preguiça nao faz mal a ninguem, mas levando.a ao extremo é mortal para nós mesmos qe podiamos estar a aproveitar a nossa vida a fazermos algo de qe gostamos realmente.

Twina, ficO.me pOr aqi !
AdOrei O tema !!
=)
BeiJO
*
<3'te

carina disse...

Oi...
Eu sei..eu sei...
Já há muiiiitoooo que não vinha aqui..
é que tenho estado pouco tempo no PC...
So venho memso pa postaar...e comentei la o d debora..mas na deu pa mais...

Mas isso agora na interessa!
Eu posso tardar..mas acabo por chegar!
Ate rima..LOL

Beem...ácerca do teu texto não poderia concordar mais contigo!
Essa cena do materialismo..olha..ta aí que nem uma luva! : D

Beem... acho que é tudo.
Passa la no meu sff.

www.robbiewilliams1023.blogs.sapo.pt

Ja da pa todos comentarem.. :D

Débora Val disse...

Olá.

Sabes? Ainda ontem comi um bolo parecido com esse. Não, não foi a imagem que comi.

Lol.

Sobre a tua pergunta: os sete pecados capitais são uma classificação de vícios usada nos primeiros ensinamentos do catolicismo para educar e proteger os seguidores crentes, de forma a compreender e controlar os instintos básicos.
Não há registro dos sete pecados capitais na Bíblia Sagrada.

Assim, a Igreja Católica classificou e seleccionou os pecados em dois tipos: os pecados que são perdoáveis sem a necessidade do sacramento da confissão, e os pecados capitais, merecedores de condenação.

Adiante.

Mas eu não percebi o teu texto. Discordas dos pecados capitais ou não acreditas nisso?

Também acho que a fronteira entre o bem e o mal seja essa diferença de quem cometo os pecados mortais, e quem não os comete.

Quanto ao teu modo de ver os 7 pecados, concordo com a maioria.

Apenas discordo da Gula porque, também pode ter esse sentido, mas a gula é o desejo incontrolável por comida. Comer sem ter fome, etc.

E também discordo da Luxúria, porque, referente aos 7 pecados, a luxúria consiste no apego aos prazeres carnais, corrupção de costumes. Não se refere apenas aos bens materiais. Se bem que eu penso como tu: "Como pode alguém ser prestigiado pelo que tem? Um objecto é a sua imagem?"


Concordo contigo quanto à Ganância, em excesso faz mesmo mal, sim. Mas também é bom tê-la, pois faz-nos ir mais longe.

A preguiça, todos a temos. Acho mesmo que é inevitável.

Vaidade, sem excessos pode ser boa, e tê-la em tudo, como dizes. Mas já tinha comentado sobre isso.

A inveja e a ira, para mim são mesmo maus sentimentos, primeiro porque são incontroláveis e depois porque nos levam a fazer coisas que não deveríamos fazer.

O tema está deveras interessante. : )

Beijos.

Débora Val disse...

Olá, outra vez.

: )

Obrigada por comentares.

Penso como tu, hoje nã se vê ninguém casado durante 25 ou mais anos.

Acho que é porque as pessoas não levam as coisas a sério, casam-se sem pensar direito e depois: divórcio.

Acho isso triste.

Talvez haja outra oportunidade, mas também não é preciso experimentar a Humanidade inteira, como dizes.

E sim, acho que as minhas crónicas afectam mesmo, mas os criticados e os que fazem igual.

Gostaria de escrever numa revista ou jornal, para abrir os olhos às pessoas e fazer uma sociedade melhor, acabar com os estereótipos que não têm sentido e os programas decadentes da televisão.

Quem sabe?


Beijos.

celialmeida disse...

olà
eu tou sem palavras. amei esse post, excelente mesmo !
conseguiste definir ali os 7 pecados numa pura realidade !
beijo e boa semana.

© oblogdocorte 2007. Todos os direitos reservados