-

terça-feira, 15 de janeiro de 2008

Cada cabeça sua sentença


Olá boa tarde :)

Devo dizer que gostei dos comentários que recebi do meu último texto.
Confesso que o tema de hoje tem uma pitada de algo que ouvi e não é apenas do presente, e que tenho pena que algumas pessoas no mundo em que estamos ainda a mantenham.
Há pessoas que ainda têm a mentalidade de que letras é coisa que já não tem futuro, e eu, como estudante da mesma, não tenho receio que seja verdade, mas da ignorância que se forma, mas isso cabe a cada um.

O meu segundo texto deste blog, começou por apresentar um pouco de mim, e o assunto talvez se complemente.
Ouço por vezes dizer, que ciências é inovação, e que quem vai para letras perde tempo.
Devo desde já dizer, que apesar de gostar de alguns ramos das ciências mas saber que me dou melhor em humanidades.
Quando vejo uma aderência as ciências, respeito-a.
Mas não posso aceitar que digam, que não dá, porque pelo motivo da aderência, poderia dizer que as ciências também estão "acabadas", mas e os médicos, e os enfermeiros? Eles também são despedidos, a ver pela quantidade de hospitais e maternidades que fecham.

Detesto ouvir, em todos os temas não só neste, opiniões formadas e mal explicadas até porque tudo bem que possam pensar que não tem futuro, o que é um perfeito disparate, mas se não fosse Van Gogh o que seria do amarelo?
É por isso mesmo, que nós (refiro-me também a algumas leitoras, que sei que são minhas colegas) temos que ter orgulho no que somos, pois sabemos o motivo porque escolhemos, e os outros saberão?

Conto com os vossos comentários :)
Fiquem bem, até ao próximo texto.


3 remendo(s):

Débora Val disse...

Olá Marta.

Bem, tenho a mesma perspectiva do que tu. E também odeio que me digam isso, até porque eu tembém estou no curso de línguas e humanidades.

Não sei o que se passa pela cabeça de certos indivíduos, que dizem que nós já estamos reservados para o desemprego.

É muito pior escolher um curso de ciências, porque tem muitas saídas, e depois ser um zero à esquerda do que seguir um curso de humanidades e ser o melhor.

Pessoas que não têm capacidade, só porque aspiram a ganhar muito bem no futuro, escolhem um curso que não é a área onde é melhor. Esses sim, é que têm lugar garantido no desemprego.

Agora, nós (a maioria dos alunos de letras) não. Nós temos duas vantagens:

1ª: gostamos do curso, e isso é meio caminho andado;

2ª: somos bastante bons no que fazemos.

Logo, quer queiram quer não, teremos sempre algumas hipóteses de nos darmos bem com o futuro, até porque quem faz o que não gosta, não faz bem feito.

Beijos e gostei do teu texto.

Gabriela Caldeira disse...

Olá, desculpa a demora :)

É assim mesmo! Já não existem saídas profissionais que garantam o emprego, ainda que as pessoas pensem que o curso de ciências dá (pelo menos há uns anos, sim, porque médico era profissão de gente rica). As pessoas estão desactualizadas!...
Hoje, no nosso curso, nem os advogados têm emprego garantido! Só os juízes e, mesmo assim, raras são as pessoas que conseguem.
Além do mais, divirto-me quando ouço o que as pessoas dizem quando sabem que segui letras e humanidades. "Letras! Que fácil!" Mas ambas sabemos que não se passa isso...

Já agora, boa sorte com o trabalho de espanhol (a avaliar pelo grupo em que ficaste, vais ter a nota sozinha).
O nosso trabalho de Filosofia... cuidado! 5 *****!

Gabriela Caldeira disse...

Olá, desculpa a demora :)

É assim mesmo! Já não existem saídas profissionais que garantam o emprego, ainda que as pessoas pensem que o curso de ciências dá (pelo menos há uns anos, sim, porque médico era profissão de gente rica). As pessoas estão desactualizadas!...
Hoje, no nosso curso, nem os advogados têm emprego garantido! Só os juízes e, mesmo assim, raras são as pessoas que conseguem.
Além do mais, divirto-me quando ouço o que as pessoas dizem quando sabem que segui letras e humanidades. "Letras! Que fácil!" Mas ambas sabemos que não se passa isso...

Já agora, boa sorte com o trabalho de espanhol (a avaliar pelo grupo em que ficaste, vais ter a nota sozinha).
O nosso trabalho de Filosofia... cuidado! 5 *****!

© oblogdocorte 2007. Todos os direitos reservados