-

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

A Dança

Estamos num salão amplo e vermelho, onde só as pessoas destoam, com as suas roupas aparatosas e desconectadas ao mote daquela festa.
Rodeado de espelhos, ao longe vê-se as escadas onde desce uma mulher, alta e magra, aparentemente demasiado viril para dançarina. Com o seu vestido vermelho para não quebrar o cliché do tango, e o seu cabelo negro fortemente apanhado, começa por olhar fatalmente todos os convidados.
Mal chega ao tapete vermelho, começa a dançar o seu tango, e ele, algures no imenso público olha-a atentamente com receio de um convite. Sim agora são elas que convidam, e sim ela é capaz de fazer isso. Começa por levantar-se receosamente e ela pára mesmo à sua frente. Ambos se olham, os seus olhos negros misturam-se com os olhos negros dela. Não existe contraste mas sim sintonia.
O convite surge, e agora? O “cavalheiro andante” aceita e imediatamente é arrastado para o centro do salão. As luzes focam-nos. Ela observa-o como se fosse a toureira e ele o touro. A tourada inicia-se.
Fugas planeadas dão lugar a uma dança sem igual. Os dois corpos unem-se, como peças que não vivem uma sem a outra. Os pés dele já se mexem energicamente, e o seu cabelo negro e desalinhado esconde a sua cara de satisfação. Ela, apenas faz o que mais gosta, dança com o homem que a fascinou naquela noite. Como estão a dizer alguns é apenas mais uma das suas loucuras. Que assim seja.
Eleva-se o som, apenas para eles, que já percorreram todos os pontos do salão. Ela pára e pede-lhe: “Abrázame esta noche” e ao ver o voltar repentino da sua figura, abraça-o brutalmente e ao seu ouvido diz: ”Aunque no tengas ganas prefiero que me mientas. Acércate a mi, abrázame a tí por Díos, entrégate a mis brazos”


Escrito enquanto ouvia Lula Pena com o tema Pasión, composta por Rodrigo Leão, música que escutam neste momento. As frases em espanhol pertencem à mesma música.

25 remendo(s):

Fénix disse...

Escreves maravilhosamente. Ao ler, parece que eu sou a dançarina e danço o tango ( que nem sei dançar). Parabéns pelo texto.

Ana Carolina disse...

Tenho um desafio para ti no meu blogue. Passa lá ;)

diana disse...

Lindíssimo.

escarlate.due disse...

Excelente Marta! :) Muito bom mesmo! cheio de pormenor, intenso, sensual... gostei mesmo muito :) se a música te inspira assim, escreve sempre ao som de música :)
e olha que tango nem é das minhas músicas ou danças favoritas, embora lhe reconheça a sensualidade caracteristica e única.

David Marinho disse...

Um tango maravilhoso :D Nao me enganei creio lol Mas acho que e capaz de "alevantar" vontades de dançar :D

Ricardo disse...

Lindo. :)

Vou aprender a dançar assim...

Beijo :)

meus instantes e momentos disse...

Ano Novo, é o resto de sua vida, é o daqui a pouco, é o amanhã é o tudo que está por vir.
Pegue sua força, sua vontade,e se jogue na vida. A Felicidade te espera,olhe pra frente
vibre, lute, na consciência que nada é impossivel. Se não acontecer hoje ou amanhã, vai acontecer depois.
Viva a vida em toda sua plenitude. Que seu coração lhe guie, e sua razão lhe de o rumo, o prumo.
Pegue seu sonhos coloque debaixo do braço,levante a cabeça, e vá.......Voce pode, acredite. Sempre.
Tempos felizes que ainda vem. Um feliz 2009 em diante.....
é o que eu desejo a voce.
Maurizio.

Happy disse...

????, e o som eleva-se só para eles?
????tourada , os corpos não se unem!
???? eles percorreram o salão sem se "abrazar"?
Mas usted pode melhorar. Pero......

Dolores

Ana Carolina disse...

Que fantástico! O post está muito giro! Gostei muito :D

Camilla disse...

Que lindo...
Até imaginei a cena =)

Beijos

Izinha disse...

Q este novo ano q se aproxima traga à vc um universo de felicidade e q seus sonhos
sejam conquistados, suas esperanças renovadas e q a paz tão necessária seja encontrada...

Feliz 2009!

Tem um presentinho esperando por vc, com muito carinho...

bjos...Izinha.

Débora Val disse...

Maravilhoso. Adorei o teu texto! Até imaginei a cena... Ela e ele, a dançarem...

:)

o vento sul. disse...

O texto até passa, mas a foto da boca com um olho dentro, me perdoe mas de profundo mau gosto.
.
O vento sul...

mia disse...

Gosto do tango,

mais seu blog

veo muito interesante

Beijos

Pecadormeconfesso disse...

Aunque no tengas ganas prefiero que me mientas. Acércate a mi, abrázame

Gostei

Lê... disse...

Olá Marta!

Vim dançar o tango!
E lendo seu texto,realmente me senti a própria bailarina a rodopiar pelo salão...apaixonada!

Parabéns!Muito bom!!

Obrigada pela visita,convido-te a voltar sempre,como aqui voltarei!

Um 2009 lindo e feliz pra ti!

Renata Braga disse...

Adorei... a música, a descrição do encontro, da dança... lindo!

Ja estás nos meus favoritos...

E volte sempre la no My place, vou adorar!

Beijossss

Babi Mello disse...

Olá Marta, obrigado pela visita no meu blog. Feliz 2009 como vc viu repleto de realizações.
Thanks

Elizabeth F. de Oliveira disse...

La femme fatale. Linda cena; o tango é uma dança que carrega em seu cerne o desejo.
Feliz Ano Novo pra você e agradeço a visita.
beijo no coração

Val Du disse...

Grande inspiração ao som de um tango.
Dançar é muito bom.

Belas cores do teu blog.

2009 maravilhoso para você, e com muita inspiração.

Beijos.

Quase nos 50 disse...

Eu adoro ouvir tangos ;-)
A imaginação leva-me até ambientes decadentes, a personagens canalhas e sobretudo à sensualidade que a dança transmite....
Apesar de não saber dançar tango gosto de ver e ouvir
Obrigada pela visita

DE-PROPOSITO disse...

FELIZ ANO NOVO

Moni disse...

dizem que que se um casal se entende dançando ele tbm se entende no amor, talves esssa seja a prova! beijos

escarlate.due disse...

Vim ver o que havia de novo... aproveito a ouvir de novo a música e a reler este teu texto :)

feliz 2009, Marta, espero que continues a escrever assim, porque é muito bom mesmo! :)
até lá... beijinhos

Lu.a disse...

Tá BRUTAL!!! 0.0

© oblogdocorte 2007. Todos os direitos reservados