-

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Garfield & Emma


Após algum tempo de espera, já temos mais um felino em casa. Chama-se Emma e tem 2 meses. É tricolor (laranja, branca e preta) os olhos actualmente são cinza mas têm tendência (na minha opinião) a fugir para azul ou para verde.
Devo dizer que receava a sua apresentação ao Garfield, o meu gato ruivo, (segundo especialistas um gato europeu de raça ginger) que já está connosco vai fazer 5 anos. Sempre o encarei como uma pessoa, apesar de ter características que dificilmente encontro em alguns humanos. Sabe quando estou bem ou mal e sabe também o que fazer para me fazer sentir melhor. E eu também já o entendo perfeitamente. Através daqueles olhos de vidro verdes, e do enrolar da sua cauda nas minhas pernas, sei por exemplo que já não quer a comida que está na gamela mas quer sim nova. Isto depois de ter insistido comigo para o seguir até lá.
Receava também que por trás daquela aparência frágil, a gata se demonstrasse uma diabinha. Mas não. Só quer banzé, salta por cima do Garfield e vice-versa. Ataca-nos os pés mal vê um movimento na cama. Come a comida do gato ao invés da dela… Coisas típicas de uma gata júnior.
No inicio o Garfield recebeu-a tal como esperávamos: com alguns bufos para mostrar quem manda na casa; algumas sapatadas na cabeça para ensinar; seguia-a também para todo o lado como se quisesse apanhá-la em flagrante.
Agora, após 4 dias de a termos recebido, já se pode dizer que ele a adoptou. Seguem-se, enrolam-se, já dormem juntos… Ele dá-lhe banho, e quando discorda com algum dos seus comportamentos também a ensina.
Penso que ela o vê como o seu pai. Como uma “autoridade” já é certo, mas como perdeu a sua mãe devido a esta ter sido atropelada, muitas das vezes procura mamar no próprio Garfield, exigindo também banhos dados por ele tal como a sua mãe lhe faria.

Realmente, aprende-se tanto com eles. E ainda bem que vamos no começo.

9 remendo(s):

Débora Val disse...

Tens razão, aprende-se muito com os animais. :)

ana d. disse...

Que giros!

Lu.a disse...

Lindos!! Eu adoro gatos! :)

O Profeta disse...

...Às vezes uma intensa alucinação
Em que viajas pelo meu eu
Às vezes o mundo fica em espera
Da união do mar com o céu

Onde param os teus anseios
Onde encontras a sublime calma
Nestes dias de dura tormenta
Onde aqueces a tua alma?

Voa comigo...


Mágico beijo

Rejan disse...

mt bom seu blog *-* Parabéns :B

anarte disse...

O Natal está a chegar e chega sempre a mesma dúvida de sempre: O QUE É QUE VOU OFERECER AOS MEUS AMIGOS E FAMILIARES NO NATAL?



Pois bem, eu tenho a solução para os vossos problemas: Visitem o meu blog http://artana22.blogspot.com/ e aí encontraram várias peças artesanais, feitas à mão, que podem oferecer no Natal aos vossos familiares e amigos.


Aproveitem pois, para além de seres muito baratos, são peças originais para poderem oferecer nesta época natalícia.

Luiz Clédio Monteiro disse...

eu tbm gosto muito de gatinho

vou seguir seus blog

faça uma visita ao meu

Viviana disse...

Olá Marta

Que lindos os gatinhos!

Também tenho um muito especial - o Teco -

o gato mais meigo e ternurento que conheço.

Foi salvo por a cadela de uma amiga, quando estava prestes a morrer de fome num jardim.

Vim dar-lhe um abraço e desejar-lhe um feliz e abençoado ano de 2010.

Fique bem

viviana

** Angel Girl ** disse...

Parabens pelo seu cantinho
Adorei a foto desses gatinhos e do texto em si *.*

:)

© oblogdocorte 2007. Todos os direitos reservados