-

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Sina

Rosto amargo e lapidado,
Olhar brilhante e intenso,
Pede-me a mão com rapidez,
E à pressão eu não venço.


Olha-me as mãos com atenção,
Traça as linhas apagadas,
Murmura palavras entre dentes,
Corre as minhas memórias aladas.


As linhas mergulham no medo,
Adivinha-me algum destino,
Diz-me para seguir a intuição,
Que fustiga como um sino.


Sorte, destino, o meu fado,
Linha à linha decifrado.

38 remendo(s):

:: Fatima :: disse...

Muito forte e profundo!
Belo poema...
Tenha um otimo dia!

Bjinhos(**

Gabriela de Sousa disse...

Olá!!!

De acordo com o comentário anterior, creio ser este o teu poema mais forte (gosto muito do final, está muito bem conseguido).
Quanto ao destino, já abordei isso também num texto e é um assunto que desde sempre fascinou o ser humano (fascinamo-nos mais facilmente com o que nunca vimos do que com o que conhecemos e isso pode tornar-se um mal a combater).

Os dias são para ser vivido um de cada vez; que saibas aproveitar cada dia que a Vida te dá ara que, chegando ao fim desta, não chores pelo que devias ter feito, mas rias pelo que fizeste!

Beijos

Teresa Durães disse...

talvez o destino seja a justificação dos acontecimentos. prefiro acreditar nas nossas acções

MEU DOCE AMOR disse...

A correr...

Vim ver e deixar beijinho.

Agradeço a visita:)

Andava lá:)

Beijinho doce

Gosto da frase sobre a visão.

axkin disse...

ola Marta vi que reparou intensamente no Renato, pois foi o que mais me maguou mas enfim... sei que sou nova mas acontece que essa foi a 3ª vez que sofro uma desilusão :( !!!
obrigada mesmo pela atenção pois só me apetece escrever e fico feliz por saber que alguém prestou atenção ao que escrevi :)
Que belo poema tens aqui, e um blog muito interessante......
criei o meu para fazê-lo sob forma de um diário visto que não tenho melhor amiga então escrevo o que sinto para que todos saibam e assim liberto-me de certas pressões :)
espero sinceramente que sejas muito feliz pois pareces ser uma rapariga muito culta e muito querida :)
beijinhos querida***

"e hamm (CACUACO) terra onde tudo acontece, logo daí o meu título, o que significa coisas sbre a minha vida :),apenas para esclarecer-te :)!"

Jacinta Correia disse...

Olá. Vim agradecer a visita ao meu mundo e retribuir. Gostei do poema e, quanto, ao blogue voltarei certamente.Bj

M.L disse...

Querida Marta. Tus líneas de hoy me invitan al misterio.
Tanto como misterioso es el destino .. lo que nos deparará o lo que nos esperará en un futuro.

Hay veces quisiera saber que me ocurrirá en los días venideros .. especialmente sí encontraré el amor de mi vida; o sí ya lo encontré.

Pero eso es un misterio .. o será que por intuición podríamos adivinar aunque sea un poco?
Cariños y muchos besos.
Hasta pronto.
M.L

M.L disse...

Marta muchas gracias por devolverme la visita y dejar esas palabras en mi blog.
Quiero felicitarte porque tu español es más que bueno y me alegro que comunicarnos te sirva para practicarlo más aún.
Yo puedo comprenderte muy bien al leerte, pero no se escribir en portugués. Pero, aún así, es un placer realmente leer tus cosas y que entiendas lo que quiero transmitirte a través de mis comentarios.
Besitos y hasta muy pronto!!
M.L

Ana Laura disse...

gracias por visitarme!
y en cuanto a mi post, jaja sí es poco no? :D un beso!

Ana Laura disse...

aqui vai o comentário em português! obrigado por visitar-me! e em quanto a meu pós, jaja sim é pouco não? :D um beijo!

poetaeusou . . . disse...

*
sina,
o fado da nossa vida,
,
conchinhas,
,
*

Maria, Simplesmente disse...

Marta, eu também estou no Olhares, foi por isso que publiquei esta (como disse) homenagem.
Nela não me refiro a mim, mas a coisas que por lé se passam e que ninguém entende. Como em todo o lado temos de tudo, mas eu não entendo certos sentimentos.
Não estou la por votos estou para mostrar a mim mesma que sou capaz de, sem conhecimentos profundos de fotografia e uma máquina como a minha, fazer aquilo que gosto. Não sou capaz de fotografar pessoas, sinto-me inibida, quero começar a fazê-lo mas sinto que necessito de muita coragem, pois para mim, fotografar pessoas é como invadir a sua privassidade. Mas vou tentando aos poucos. Gosto de utilizar a minha imaginação, vamos ver o que consigo.
Não sei como veio aqui ter, mas como viu o meu blog tem também os albuns de fotografias que são todos meus. Os que não são têm o nome dos fotografos.
Penso que seja a Marta que já comentou fotografias minhas no Olhares. Lã está o meu nome Maria.N.P.Almeida.
Amanhã vou ver o seu blog como deve ser, mas desde já lhe digo tem uma apresentação com muita arte e paixão.
Boa sorte Marta. Apareça quando quiser, é sempre bem vinda.
Um abraço
Maria

Carla disse...

...que linhas tão belas e tão bem traçadas!
beijos

~pi disse...

deix ar ir o fado...?


bem vinda a passages :)

axkin disse...

ai sim? LOL mxm o BLOG é mxm pekenino xD
oh n te rales com isso deve passar um dia :)
obrigada na mesma :D
muito bem gaia sempre tem raparigas de muito valor e muit simpáticas XD
beijinhos :*

Camilla disse...

Lindo.

O mais lindo que eu já li aqui. Fiquei até sem palavras..

Beijos

:: Fatima :: disse...

Obrigado pela visita!
Depois m visite!
Tem post novo ok?
bjinhos((

David disse...

Como a vida, dia a dia não pesará na consciencia :D

Beijo

Mariana disse...

Tão lindo, está excelente!
:)

beijinho Marta .

Miki disse...

Passando para desejar bom fds e boas férias, se for esse o caso…
kisu

Lu.a disse...

É da tua autoria?? É lindo...

Amanda... disse...

Obrigada pela visita.
Este poema é muito lindo!

Beijos.

Ana disse...

Nas linhas que escreves decifro uma sina poética. Parabéns!
Um beijinho.

mariam disse...

Olá!
belo poema!
obrigada p'la visita, respondi no seu inquérito que "retribuo" o sorriso, voltarei com gosto ao seu "Coisas e Loisas" em Setembro.

a propósito de destino/sorte...deixo-lhe um presente de boas-vindas, uma artista de voz fantástica, assisti à cerca de um mês ao seu concerto, Ana Moura (minha filhota (23) é fan dela)

http://br.youtube.com/watch?v=zreA3NgiPYE

fique bem.

o meu "dolce fare niente" começa hoje ~~~~

um grande sorriso :)

Cadinho RoCo disse...

Diante de tão belo mistério recuso-me a afronta-lo com qualquer decifração menor.
Cadinho RoCo

CintiTa disse...

Hola MArta! gracias por tu visita y mensaje en mi blog. Es un gusto llegar a tí.Y que bueno que siendo tan joven te guste la poesía.

besos, hasta pronto!!

Al Neri disse...

Bello poema que en portugués además suena muy dulce.

AcidStorm disse...

Não creio que estamos fadados a um destino,apenas toamos caminhos errados. Mas se tentarmos ainda podemos consertar.


Beijo

M.L disse...

Querida Marta: Quiero agradecerte de todo corazón por las preciosas frases sobre la esperanza que me has dejado en lo que fue mi último post.
Lamentablemente mi blog ha sido bloqueado y posteriormente borrado por la empresa "blogger" y he perdido casi todo de lo que tenía escrito allí además de los comentarios. Era muy especial para mí mi blog; pero en un tiempo me crearé uno nuevo. Hasta ese momento seguiré visitándote seguido; y te avisaré cuándo tenga mi nuevo espacio.
Te dejo muchos besos y un abrazo.
M.L

Pedaços de Cereja disse...

Bom poema :)
Obrigada por passares, vou voltar *

Beijinhos ; )

Evelise disse...

que lindo!
olha, andei lendo postagens mais antigas por aqui e gostei bastante do seu blog querida ;))

continue assim, voltarei sempre!
beiijos :**

Ana Amélia Teixeira disse...

Destino com profundos sentimentos....
n sei o que comentar, perfeitão!!!

instantes e momentos disse...

belissimo teu blog. Amei tudo isso aqui. Parabens.
Maurizio

Débora Val disse...

Um poema muito bonito.

Quanto ao destino, esse será sempre um assunto que nos provocará imensas interrogações e que nos deixará sempre fascinados. Já sabes que acredito no que nós fazemos, que somos nós que fazemos a nossa vida; mas há gente que parece ter sorte ou azar, lá isso há. E há ocasiões na nossa vida que parece que estamos predestinados.

Henrii Never disse...

Ah.. aprecio os blogueiros 'poetas' :P

Gosto muito de sentar na cadeira confortável , pegar uma sprite e ler obras primas como as suas :D

Amanda disse...

Olá Marta!
Passando para uma visita.
Belo poema!

Boa semana!
Bjs.

um Ar de disse...

De regresso... obrigada pela sensibilidade do teu comentário e pela surpresa deste poema lindíssimo.
Ajudará nas minhas "arrumações", não dos conteúdos das malas, mas, nas outras...:)

[Beijo grande]

Xinha disse...

Palavras fortes, intensas e sentidas!
Tens aqui um excelente blog. Continua...
És linda...

Xi-coração

© oblogdocorte 2007. Todos os direitos reservados