-

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Quem visitou o meu blogue durante a semana passada, pôde deparar-se com um inquérito, do qual obtive os seguintes resultados:

“Logo que conheces alguém reparas:
- No seu aspecto, 6 votos (30%)
- Na linguagem, 0 votos
- Na linguagem corporal, 0 votos
- Nos seus olhos, 7 votos (35%)
- Na sua atitude, 7 votos (35%) “

Quando coloquei este inquérito pensei que as respostas se dividissem substancialmente entre o aspecto, olhos e talvez pela atitude, e assim foi, o que fez com que as “ linguagens”, não obtivessem qualquer voto.
A ideia de colocar este inquérito surgiu com a leitura de um livro sobre linguagem corporal, que nos elucida bastante sobre como o nosso corpo por vezes nos traí.

Embora não pareça politicamente correcto fazer estas apreciações, quando somos apresentados a alguém nós rapidamente a julgamos como sendo agradável, e se é adequada como potencial parceiro sexual.
Segundo esta afirmação podemos colocar os olhos de parte, pois não são segundo pesquisadores a primeira característica que temos em conta numa pessoa que acabamos de conhecer.
Após a fase de apresentação, podemos até reparar nos seus olhos, porém tendo em conta pesquisas não são os olhos a primeira característica em que reparamos.

A linguagem é usada para transmitir informações, enquanto a linguagem corporal é um veículo de negociação de atitudes interpessoais, e por vezes substitui as mensagens verbais.
Ao ler este livro, tive a certeza de que por vezes o silêncio fala por nós, ou melhor, até somos nós que falamos mas nem reparamos, pois ao longo dos anos apostamos mais na linguagem verbal do que na linguagem corporal, e esta última é muito difícil de corromper.
Assim, os que estiveram mais perto do que é defendido pelos entendidos, foram os que votaram no aspecto, e na atitude, o que parece demasiado fútil, mas que nós no nosso interior até sabemos que é verdade.

22 remendo(s):

Maria Fernanda disse...

A linguagem sempre fica para último plano...

Gabriela de Sousa disse...

"Quando se abana o crivo,
apenas ficam as alimpas;
do mesmo modo, os defeitos do Homem
aparecem nas suas palavras.
A fornalha prova as jarras do oleiro,
e a prova do Homem são os seus
pensamentos.
O cuidado com uma árvore mostra-se no fruto;
asssim, a palavra manifesta o que vai no
coração do Homem.
Não louves um Homem antes de ele falar,
porque é assim que ele se dá a conhecer."

Ben Sira 27, 4-7

Apesar de não ser exemplo (visto que votei na linguagem do olhar, se bem que é igualmente importante, a meu ver), não quer dizer que não tenha consciência da linguagem verbal. De facto, há que reparar bem na maneira de falar da pessoa, até porque é a base da atitude. O modo como falo revela a minha educação, mas também a maneira de ser. Há que ter cuidados com o modo como falamos, até porque, geralmente, tal como os actos, "as coisas boas que dizemos os outros escrevem na areia; as coisas más são escritas em pedra".
Aquele que bem aparenta e mal fala faz lembrar algumas flores: as pessoas colhem-nas bonitas mas, no final, repara-se que não têm perfume...

Gostei muito do texto.
Beijos.

AnaB disse...

engraçado o texto.
se bem que eu olho sempre primeiro para os olhos da pessoa ;)

beijinho *

AnaB disse...

olho não. reparo e vejo ^^

David disse...

A linguagem? Eu acho que quem lida com a linguagem, nota essa em primeiro lugar.

Beijinhoo

David disse...

Hoje em dia o aspecto ganha sempre...por isso existe tao pocas "amizades" e "amores"...nda como dantes..

Beijo

David disse...

Que e isso hj em dia? Nada. A falsidade ta tao nos ossos das pessoas que mudar essa "mascara", as outras tb mudam. Tudo se molda para "saciar" o prazer...

M.L disse...

Marta muchas gracias por tu visita a mi blog. Sos bienvenida a él cuando gustes. Quiero agradecerte además por la hermosa canción de Luz Casal que me dejaste escrita.

Te cuento que participé en la encuesta que estás haciendo ahora. Y me sorprende como las personas solemos inclinarnos en un mismo sentido para responder algunos tópicos.

Con respecto a tu post actual yo también reparo, en la generalidad de los casos, y luego de conocer a alguien, en su actitud y en el aspecto que posea.
Por otro lado, la mirada que tenga suele resultarme muy atrapante.
Sin embargo, tengo la profunda convicción como bien se dice, que: "Lo esencial es invisible a los ojos y que no se ve bien sino con el corazón."

Te dejo besos !!
Te agrego a mis blogs y será hasta la próxima visita.

M.L

M.L disse...

Nos leemos Marta !! También en breve pasaré por aquí !

Cariños.

M.L

Camilla disse...

Adorei o visual vermelho-vivo do blog. O que eu mais gostei até agora, de verdade.

Pois é, menina, a linguagem cada vez mais se perde por aí.

Beijos!!

poetaeusou . . . disse...

*
boas coisas,
optimas loisas,
bem-hajas,
,
conchinhas, deixo,
,
*

um Ar de disse...

Vou sair por uns dias, Marta.
O portátil vai comigo, mas, não sei se vou conseguir aranjar sítios com net, para comentar, pelo menos. Vai fazer-me falta...
.
A este post, chamo eu, não perder tempo e estar a trabalhar no "assunto" que te interessa!... :)
.
Se não nos "falarmos", desejo-te uns bons dias, mesmo que chova...
.
[Um grande beijo...]

brisa de palavras disse...

Muito interessante esse questionário e os resulltados...tb não o deixam de ser...
eu por acaso reparo logo na forma de falar...nos gestos...
mas deo ser única
obrigada pela visita
um abraço
brisa de palavras

Teresa Durães disse...

o aspecto diz muito assim como a atitude. mas se abrir a boca e só disser disparates... está tudo estragado

Zek disse...

Olá moça, vim retribuir a visita e aproveito para observar que a linguagem corporal é a nossa primeira comunicação, muitas vezes antes mesmo de qualquer sinal , nosso corpo fala....

LUZIMAR disse...

Olá Marta muito interessante o seu blog,por ver seu perfil e saber que só tens 16 anos, fico a pensar o quanto você é inteligente e sensata.
Gosto de pessoas assim apesar de não conseguir por em palavras os meus pensamentos.

agradeço de coração sua visita ao meu blog e espero que venha sempre assim como virei aqui sempre pois, achei muito lindo seu cantinho.

Um grande beijos.

fadazul disse...

INFELISMENTE NÃO PARTICIPEI DESSA VOTAÇÃO! TERIA VOTADO NA LINGUAGEM, E NA LINGUAGEM CORPORAL COM CERTEZA! ADOREI! BJKS, ESPERO-TE SEMPRE, OBRIGADA PELA VISITA, BJKS

Paula disse...

Olá, Marta! Obrigada pela visita! Não sei se vou falar do mesmo livro que você cita no seu post, eu já li um sobre esse assunto e é incrível como que, mesmo calados conseguimos transmitir mensagens interessantes e importantes para as outras pessoas através do nosso corpo!

beijinhos

Maria, Simplesmente disse...

Minha mãe disse-me sempre: duvida dos que, ao falarem contigo, não te olharem de frente.
Hoje sei que é como ela me dizia.
A segunda a maneira como falam, não é o vocabulário, mas o tom da voz.
Maria

Maria, Simplesmente disse...

Afinal não é a mesma Marta que me comentava no Olhares.
Tentei contactar consigo através do Olhares mas tem essa opção fechada. No olhares as minhas estão todas abertas, precisamente porque gosto e muitos são os fotografos que me enviam conselhos, através do programa, sobre as minhas fotografias, conselhos que me são muito úteis.
Embora não seja a mesma Marta e vendo a sua pouca idade, digo-lhe que os temas deste seu blog, são profundos e sobre como pensa do amor "em tempos antigos" e do "amor de agora" vou escrever o que penso sobre o assunto, mas... no meu blog e vou dedicar-lhe essa mensagem.
Se discordar do que lhe irei dizer responda comentando e eu gostarei imenso.
Um abraço Marta
Maria

PS - O meu blog esteve fechado porque estive a modificá-lo aproveitando a disposição com que hoje acordei.
Pode entrar nele quando estiver disposta a isso.

Ana D. disse...

O ser humano usa muito a visão; no entanto, eu votei na aparência, mas acho que fiz mal.
Por exemplo, imagina que conheces uma pessoa muito bonita, e quando ela abre a boca , só diz pataquadas. Não o que te acontece, mas eu mudo logo de ideias quanto a essa pessoa...(mas no fundo até pode ser boa pessoa. Estamos empre a enganarmos , não é?)

Al Neri disse...

El aspecto exterior puede ser más importante de lo que a veces hipócritamente pensamos.

La barrera del lenguaje también es importante. Pensad en cuantos amigos extranjeros tiene una persona normal.

Disculpas por comentar en español.

© oblogdocorte 2007. Todos os direitos reservados